5 coisas que o corpo experimenta quando é cremado


Este é um assunto bastante particular, pelo qual tem-se optado muitas famílias, se tratando da finalidade a se dar, aos restos mortais deu ente querido. A cremação é hoje, um meio muito utilizado, e ela, que antes era utilizada por poucos, é uma prática da qual, pouco se comenta. Por esta razão, este artigo traz até você, detalhes de como é feito, tal procedimento. Confira:

Como é feito o processo de cremação?

A primeira coisa a ser feita é a preparação do corpo

 

Veja mais:

Antes de colocar em prática, o procedimento de cremação, o corpo deve ser preparado. Todo e qualquer objeto é retirado, dentre eles: parafusos, platinas, marca-passos, dentre outros… Peças valiosas, dentes de ouro, implantes também são retirados para não serem destruídos pelo fogo.

O Segundo passo é colocar o corpo na câmara de cremação

A câmara de cremação é acesa e pode atingir até 1000° C. Ela é toda revestida com tijolos capazes de suportar a temperatura e o espaço é suficiente para apenas um corpo de cada vez, lembrando que é ilegal realizar o procedimento de dois corpos ao mesmo tempo.

Para realizar a queima hoje, são usados, o propano, o diesel ou o gás natural, mas os primeiros crematórios utilizavam o próprio carvão. A porta da Câmara é aberta somente quando o corpo já está em posição para ser colocado, para ficar aberta o menor tempo possível, evitando a perda de calor.

A alta temperatura das chamas dá continuidade ao processo

Ao entrar em contato com as chamas, o caixão que serve como combustível, se queima primeiro. O corpo passa a liberar a água que nele resta. Pele e cabelos são os primeiros a serem queimados, seguidamente dos músculos que se contraem e entram em estado de carbonização. Após completa queima os ossos ficam carbonizados e são quebrados manualmente. O tempo total para a realização do processo é em torno de 3 horas, o que depende da estatura e peso do indivíduo, assim como a temperatura da câmara e o caixão utilizado.

As cinzas

O que resta então são os ossos e poeira. Os ossos vão ser triturados e a poeira é colocada em uma bandeja magnetizada, para separar quaisquer resíduos de metal que possa ter ficado, como resíduos de parafusos e pinos cirúrgicos.

Transformando os ossos em cinzas

Após quebrados, os ossos devem ser triturados, para isso são colocados em uma máquina com lâminas resistentes, que farão os pedaços de ossos se tornarem pó, assim como o restante do corpo. Não é nenhum segredo, o que é feito no processo de cremação, contudo, por motivos diversos, há mitos e fantasias sobre o procedimento, que ainda inibe muitas pessoas, a aderirem à ideia.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 coisas que o corpo experimenta quando é cremado